O que é Inflação?

inflacao

inflacao

No contexto da Economia, inflação é um conceito que designa o aumento continuado e generalizado dos preços dos bens e serviço. No sentido literal, o termo inflação significa o efeito de inflar ou inchar.

O aumento de preços é verificado na grande maioria dos bens e não só em alguns. Há uma acentuada diminuição do poder de compra devido a vários fatores, como por exemplo, o rendimento salarial que não sofre alteração.

A noção de inflação da economia surgiu em 1838, e significa o aumento dos preços que acontece de forma persistente e que resulta na diminuição do poder de aquisição de uma moeda.

Uma das causas da inflação é o aumento da emissão de papel-moeda pelo Governo para cobrir os gastos do Estado. Quando isso acontece, há um maior volume de dinheiro em circulação no mercado mas não houve criação de riqueza ou aumento de produção. Nestes casos, é exigida maior quantidade de dinheiro para adquirir a mesma quantidade de produto, resultando em inflação.

Outras causas da inflação estão relacionadas com o aumento exagerado do preço de um bem básico, como por exemplo, energia elétrica ou petróleo, ou ainda, pelo aumento ou excesso de consumo, aumentando a procura do produto e, consequentemente, o seu preço.

Explicando de uma forma mais simples:

Inflação é o aumento generalizado dos preços. Se, por exemplo, uma cesta de produtos que custa 10 reais em janeiro passa a ser vendida por 15 reais em fevereiro, apurou-se uma inflação de 50% no mês. A inflação já foi o grande drama da economia brasileira. A partir dos anos 1980, vários planos fracassaram na tentativa de contê-la. Mas, desde 1994, com a implantação do Plano Real, ela está relativamente sob controle. Depois de ter atingido mais de 40% ao mês naquele ano, a inflação está há quase três anos abaixo de 1,7% ao mês. Houve aumento em 2002 por causa de uma crise cambial, mas desde então o acumulado do ano encontra-se em queda. E como o Brasil controla a inflação? Em 1999 foi estabelecido um regime de metas: o governo estipula um índice que deve ser perseguido nos próximos meses. Para atingi-lo, a principal ferramenta usada são os juros altos: ao tornar os financiamentos (como crediário ou cartão de crédito) muito caros, eles diminuem a procura por bens e serviços e freiam a economia. Como conseqüência, os preços sobem menos, o que é explicado pela lei da oferta e procura – quanto menor a procura por um produto ou serviço, menor tende a ficar seu preço, para o comerciante tentar estimular a venda.

linha

Gostou? Curta nossa pagina no Facebook e fique por dentro das novidades!

Viu algum erro ou gostaria de dar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com a nossa equipe clicando aqui.

COMENTÁRIOS